Os 3 melhores passos para quem quer trabalhar com Steel Frame

Estrutura de steel frame

Se você é um profissional da construção civil e quer começar a trabalhar com steel frame, virar um montador especialista e se destacar no mercado ou, então, se você é um cliente final, um projetista, engenheiro ou arquiteto que tem uma obra de steel frame e está procurando a mão de obra perfeita para a sua obra, nesse artigo vamos te mostrar os 3 melhores passos que os principais profissionais que têm mais sucesso seguem e que são imbatíveis.

Passo 1: Esteja com a mente aberta para inovações

O primeiro passo que um montador de sucesso faz ao trabalhar com steel frame é saber que esse sistema está em constante evolução, tanto em inovação quanto em tecnologia. Pensando dessa forma, o steel frame de 5 ou 10 anos atrás, não é o mesmo steel frame de hoje. E como nós trabalhamos com inovação e tecnologia, sempre estarão surgindo novas ferramentas, novos materiais, novas técnicas, novas soluções projetuais, etc. 

Siga anotando: o primeiro ponto para você se tornar um ótimo profissional de montagem é ter a mente aberta para aprender todas as coisas novas em relação ao sistema e, também, em relação ao projetista, que é o profissional que vai fazer o projeto e a especificação de toda a obra.

Isso porque, quando uma nova solução ou um novo produto são lançados no mercado, quem irá fazer a aplicação e a instalação será você, profissional de montagem. Então, se você não tiver a  mente aberta, estudar e buscar aprender, desenvolver e evoluir, você vai ficar para trás. E o mercado não costuma ser empático com profissionais que não buscam se atualizar.

O pior disso, não é só ficar desatualizado, mas sim começar a usar produtos novos de maneiras equivocadas. Isso acontece muito, principalmente quando o assunto são sistemas de acabamento, parafusos, membranas e outros materiais.

As soluções estão em constante mudança e novas adequações, então, se você como profissional de montagem não souber como instalar a membrana nova, o parafuso novo, executar o procedimento do acabamento novo, você vai fazer errado, gerar patologias e problemas na obra e ainda vai dizer que a culpa é do material. Será a maior dor de cabeça que você pode ter na vida.

Então, atenção, se você acha que faz algo há 20 anos, sabe tudo e conhece tudo e que um novo material não é bom e sua obra deu errado, o problema pode não ser o material ou a forma de instalação, mas sim que você não parou para estudar o procedimento de instalação e execução que mudou, evoluiu e é melhor do que o antigo que você conhece.

Passo 2: Monte sua própria equipe

Busque, ou então se torne um profissional que está sempre estudando, se capacitando e buscando cursos, manuais e catálogos para melhorar e se atualizar. 

Não fique preso somente a cursos, busque aprender também com os fornecedores dos materiais, como por exemplo o grupo Saint Gobain, que oferece inúmeros treinamentos gratuitos na plataforma dos Parceiros da Construção.

Todo bom profissional sabe que, ao formar uma equipe, o caminho mais simples é procurar profissionais próprios e já profissionalizados. Porém, o caminho mais seguro, mais ideal e mais indicado, será sempre o de capacitar os próprios profissionais. Deixe de lado aquela história de que achar um montador que aprendeu nos Estados Unidos, na Europa, na Nova Zelândia, na Austrália e veio para o Brasil trabalhar aqui, será mais fácil, porque não é. Lá fora as ferramentas são diferentes, os materiais são diferentes, as condições climáticas são diferentes. 

Então o segundo ponto e dica é: monte a sua própria equipe.

Busque profissionais da construção civil e coloque-os para aprender steel frame com você. Comece dando o primeiro passo, que é se capacitar, estudar, e, em seguida, pegue esse conhecimento e vai capacitar profissionais para formar a sua equipe. Não pegue o caminho mais curto de buscar pessoas que já sabem, porque no Brasil é diferente.

Depois que a sua equipe estiver formada, todos eles vão seguir a sua linha e os seus procedimentos e as coisas que você passou. E lembre-se, você é responsável pela sua equipe. Então, se alguém da sua equipe erra, o erro não é daquela pessoa, o erro é seu, que é responsável por ela. Foque na sua própria equipe.

Passo 3: Trabalhar com steel frame de forma limpa e organizada

O terceiro ponto é que um bom profissional de steel frame é muito diferente de um profissional da construção civil tradicional. A diferença é que o profissional de steel frame entende e sabe que uma obra extremamente limpa e organizada se torna uma obra eficiente, mais rápida, mais simples de trabalhar e, automaticamente, se torna uma obra mais econômica. 

Os bons profissionais do steel frame e da construção a seco em geral são extremamente organizados e extremamente limpos. Isso porque quanto mais sujeira e mais desorganização, quanto mais desperdício e quanto menos procedimentos a obra tiver, maior será o custo com a mão de obra e mais prejuízo o orçamento da obra terá.

Consequentemente, o preço da mão de obra que já está balizado no mercado, se torna uma porta de entrada para as pessoas que sabem quanto custa uma mão de obra e sabem que escolher organização e limpeza geram menos imprevistos e menos gasto de dinheiro.

Você tem que se organizar, tem que entender os procedimentos. 

E a última dica FAST em relação a agilidade é que o bom profissional de steel frame também é aquele que investe em ferramentas e sabe que ferramenta não é custo, mas sim um investimento.

Muitas vezes uma ferramenta elimina um servente que você tem a mais sem necessidade e agiliza o processo de montagem até 5 vezes mais rápido, ou seja, as ferramentas trazem uma qualidade acima da média que evita o retrabalho.

Todos esses passos não são custos, mas sim procedimentos que trazem agilidade. E a partir do momento que um bom profissional entende que tempo é dinheiro, ele vai fazer de tudo para economizar tempo.

Conheça alguns dos nossos produtos:

compartilhe